Artwork / Paintings / Etchings / Music & Art News / General News

Posts tagged “Suplemento Cultural – CULTURA É FORMOSURA

Quote

Uma amálgama para dentes que não deslustra — SUPLEMENTO CULTURAL

“Panacota! Quero panacota!” O grito, vindo de bastidores, era de Edu Lobo. Mas porquê panacota? Qual a razão precisa para um tal pedido? Falámos a um painel de peritos, todos funcionários da Associação Internacional de Painéis de Peritos, uma organização com sede em Genebra (todas as organizações deviam ter sede em Genebra, como defende há […]

via Uma amálgama para dentes que não deslustra — SUPLEMENTO CULTURAL

Advertisements

Quote

Crónica de cinema – Onde se conta a verdadeira história do Bolero de Ravel. — SUPLEMENTO CULTURAL

Consta que Pierce Brosnan encontrou inesperadamente Borodine. Este surpreendeu-o com a oferta de uma garrafa de vodka. Brosnan não hesitou e respodeu å supresa surpreendendo Borodine com a oferta de um ovo de Fabergé. Quem não pareceu ter ficado surpreendida com tudo isto foi Scarlet Johansen, que estava lá e foi testemunha invisível do acontecimento. […]

via Crónica de cinema – Onde se conta a verdadeira história do Bolero de Ravel. — SUPLEMENTO CULTURAL


Auto e paga o báiue

SUPLEMENTO CULTURAL

Moretto_budapest

Um auto em um acto e cenas tgistes.

Dgamatis pergsonae

Maria Celina
Adbílio Costa
Grande Inquisidor

Cena 1

(Sala da casa de Celina e Adbílio)

Adbílio- Mas onde é que diabo meti o tabaco?
Maria Celina- Já viste debaixo da almofada do sofá?
Adbílio- Já vi, já vi, não está uá nada.
Maria Celina- Vai lá ver outra vez, tu tens as coisas debaixo do nariz e não as vês.
Grande Inquisidor- Oh-oh-oh!
Abílio, Maria Celina- Oh-oh-oh!!?
Grande Inquisidor- Tempos houve em que ele ouvia o que Maria Celina lhe dizia.
Adbílio- Eu não te disse que não estava uá?! Eu bem te disse que não estava uá.
Maria Celina- Vai lá ver outra vez [Adbílio sai]
Adbílio [em grande excitamento]- Encontgei! Encontgei!
Maria Celina- Eu não te disse? És sempre um cabeça no ar.
Adbílio- Mas há aqui outgo pgobuema…
Grande Inquisidor- Isto é demais! Entrem! Venham!
[de bastidores…

View original post 120 more words


Quote

O Sudoku, o quarteto de saxofones, os cães e a Adelaide — SUPLEMENTO CULTURAL

A Adelaide tinha um quarteto de saxofones e dois cães. O quarteto tocava regularmente na rua, enquanto Adelaide passeava os cães. O resto do dia ensaiava. Do seu programa — muito do agrado dos cães, mas a suscitar pouco interesse por parte do público em geral — constava um conjunto significativo de obras de autores […]

via O Sudoku, o quarteto de saxofones, os cães e a Adelaide — SUPLEMENTO CULTURAL


Quote

Uma homenagem a William Blake — SUPLEMENTO CULTURAL

Tudo começou com um ligeira dor de cabeça. A coisa foi piorando, tornando-se, a pouco e pouco, totalmente insuportável. Fui ao médico a conselho de um amigo. “Pode ser das lentes,” sugeria ele. E era. Como doente a minha credibilidade era visivelmente baixa. “Você tem a certeza que o seu problema é da vista?” Perguntava-me […]

via Uma homenagem a William Blake — SUPLEMENTO CULTURAL


Quote

Bilhar está com coletes — SUPLEMENTO CULTURAL

Praticantes de bilhar, snooker e outras modalidades de taco e alguidar., estão com os coletes e prometem grandes tacadas.

via Bilhar está com coletes — SUPLEMENTO CULTURAL


Quote

Falar por traço e ponto

SUPLEMENTO CULTURAL

Morse

Falava em Morse. E com sotaque. Não se percebia um boi do que dizia. Por isso ninguém queria falar com ele. Uma namorada, compadecida, tentou tirar um curso de Morse, desses de auto-ajuda, para perceber o que lhe ia na alma. Em vão. Quanto mais Morse aprendia, mais constatava que nada sabia. Só dúvidas. Finalmente, deixou o namorado a falar — em Morse, claro — sózinho, no meio do Intendente. O povo que passava e o ouvia receou que estivesse iminente um atentado terrorista. Chamou a polícia, os serviços secretos, o SESF! Os membros desta última organização declararam-se incompetentes para o perceber. Que não!, que não percebiam nada, que não havia um só funcionário nos serviços que o percebesse, que tinham de contactar a embaixada, mas qual embaixada?!, era necessário chamar peritos do Centro de Linguística, dar formação, aumentar os salários, as horas extraordinárias, a particpação na ADSE. Tudo em…

View original post 356 more words