Artwork / Paintings / Etchings / Music & Art News / General News

Lost Works

an old painting of a young pianist at his post, at intermission

guida_2oilpaintCarl_lostpaintings_photoManuelaSandeFreire

Man & his piano – GA  (a lost work, oil on hardboard –  © painting photographed by  M Sande Freire) 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

Advertisements

Tabula Rasa

 

..my mind.., ( my heart & soul ) is but a blank slate..  whereupon   life  inscribes  its  many  signatures . .

 

 

 

I  suppose  that  it  is  a  form of  ‘just’  irony  that  the  two  ‘tabulae’  (in blue)  coveted,  thence  destroyed  and
lost  to  the  realm  of  Oblivion  should  have  come  back
in  a  form  unwaxed  and  red

 –   in  a  hue  that  runs  in  my veins, imperfect  and  free,
unchallenged,
unabridged,
unwavering.

© Guida Almeida

© Guida Almeida

 

 

 

..se da vida faço uma tábula rasa a vida engargar-se-á de o fazer a mim..

 

 

 

 

 

E isto é mais forte do que o sangue que me corre nas veias..

 

 

( ou que a carne que se vai soltando dos ossos à medida que a gravidade actua )

© Guida Almeida

 

 
*

 

 

 

Há obras que se apresentam como estando ‘aparentemente’ desaparecidas.
Sim, tal como tudo nesta vida, podem até ser irrepetíveis e irrecuperáveis..
Entre outras coisas,  o mundo é outro assim como o conteúdo celular de seu(s)  autor(es)
( e sabe-se lá quantas vezes terão sido estes –

 o mundo,

o conteúdo..,

  mudados )

É sempre uma verdade inegável que o Tempo e as restantes dimensões por onde passamos nos inscrevem as suas histórias no nosso Ser, e mesmo que algo as tente apagar, elas surGirão duma ou doutra forma pois continuam a correr-nos no sangue, e esse..
Esse só parará
quando tiver de parar.

 

 

Sobre algumas cores:

Mesmo que não soubesse através da natureza

que o Azul é “côncavo” em praticamente todas as situações,

o Amarelo – “convexo”,

resta-nos uma primária,
– o Vermelho.

Esta, tal como o seu oposto,
( ‘secundário’ )
que  junta  o convexo ao côncavo,
o Verde,

são estáticas.

Não vêm nem vão, ficam.

*

.. assim como a memória de um par de aniladas  ‘Tabulae’ doutro(s) mundo(s)..

.

.

.

 
Tabula rasa – ( Arvo Pärt : Lithuanian Chamber Orchestra/Saulius Sondeckis; Gidon Kremer; Tatjana Grindenko; Alfred Schnittke – 26′ 26″ )


Fratres – ( Arvo Pärt : The 12 Cellists of the Berlin Philharmonic Orchestra – 11′ 50″ )


Fratres – ( Arvo Pärt : Gidon Kremer; Keith Jarrett – 11′ 25″ )


Cantus ( Arvo Pärt : in Memory of Benjamin Britten – Staatsorchester Stuttgart/Dennis Russell Davies – 5′ 01″ )

 .

.

.

.

.

 I always thought that regardless of being well deserved or not – certain “scores” seem to have a way of making the work drift away..
such is
the way of “things”

.

.

.

.

.

.

.

.

.